Progressiva, só que ao contrário!

A ditadura do liso, de fato, deixou de ser dominante e passou a dar margem à expressão dos cabelos como eles são! Agora é hora de movimento, volume e liberdade das madeixas.

No passado, alisar era quase uma regra. Hoje, a progressiva e os demais alisamentos dividem os holofotes com procedimentos que buscam cachear, ondular e acrescentar volume e personalidade aos fios. Entenda mais!

Na onda da transição capilar – movimento que deu liberdade às mulheres de cabelos crespos a assumirem, aos poucos, seu cabelo natural – os fios que antes estavam “presos” aos procedimentos químicos para que ficassem mais doutrinados, agora fazem parte das principais passarelas e feiras de tendência de maneira mais ousada, sem perder sua vitalidade e beleza natural.

Outro movimento notável é o de “ondulação” dos cabelos lisos. Sim, até mesmo aquelas mulheres com cabelos naturalmente liso-lisérrimos estão adotando modeladores, cremes e procedimentos (também químicos) para transformar seus cabelos em fios com mais textura, movimento e volume.

Um destes procedimentos, muito conhecido, é o permanente. A técnica foi sucesso por volta dos anos 90, e era a maneira perfeita para lisas (ou levemente onduladas) entrarem na onda dos fios encaracolados!

Hoje, existem algumas versões mais atualizadas do procedimento permanente que garantem uma ótima fixação dos cachos ao visual. Se você está querendo entrar neste movimento, consulte seu cabeleireiro e entenda sobre os procedimentos disponíveis.

Agora, se você tem vontade de cachear/ondular sem químicas e apenas em ocasiões específicas, você pode usar e abusar dos métodos de texturização. A texturização é um meio de alterar a textura do seu cabelo, e para isso existem alguns métodos e acessórios como bobes, bigudinhos, babyliss ou até mesmo o próprio dedo acompanhado de um produto fixador, para modelar as mechas em lindas ondas/cachos e experimentar um novo visual sempre que “der na telha”.

Ou seja, longe de ser uma nova ditadura – como um dia aconteceu com a onda do cabelo liso, atualmente estamos frente a uma movimentação de autonomia. Finalmente, as mulheres podem escolher para os seus cabelos aquilo que lhes cai melhor: seja natural ou quimicamente induzido, o cabelo com mais volume e formato ganhou espaço e, antes de entrarmos no mérito da preferência, ele já está mais presente até nas cabeças das antigas viciadas em chapinha/prancha que querem experimentar a nova onda da liberdade capilar.

Sobre o Autor

Nenhum Comentário

Os comentários estão fechados.