A influência da perda da melanina para os cabelos brancos.

Atualmente, está em alta deixar os fios naturais em todos os sentidos. Mulheres que antigamente faziam escovas progressivas ou definitivas, até mesmo relaxamento e plástica dos fios, hoje estão passando pela fase de transição para assumirem seus cabelos naturalmente ondulados, cacheados ou crespos!

A mesma tendência segue no ramo da coloração. Algumas mulheres mais maduras estão, definitivamente, decididas a deixarem a ditadura da tintura de lado para assumir de vez os fios brancos. E hoje as alternativas para um branco bem cuidado são muitas: desamareladores, efeito platinado, mechas frias intercaladas, etc.

Contudo, muitas dessas mulheres se frustram na fase de transição, notando que o fio que nasce branco, nasce mais rebelde, mais áspero e seco.

E é verdade!! O fio branco não nasce apenas sem sua cor natural. O que pouca gente sabe é que a melanina, proteína responsável pela pigmentação do fio, também tem outras funções para a saúde dos cabelos!

O QUE É A MELANINA?

A melanina é uma proteína produzida a partir da tirosina (um aminoácido essencial) por células especializadas denominadas de melanócitos. Esse pigmento apresenta normalmente coloração marrom e sua principal função é proteger o DNA contra a ação nociva da radiação emitida pelo sol. Isto serve tanto para a nossa pele e olhos, quanto para os nossos cabelos.

Para os cabelos, especificamente, existem dois tipos de melanina:

Eumelanina – cabelo castanho e preto.
Feomelanina cabelo castanho avermelhado e loiro

Em geral, há mais melanina (eumelanina) presente no córtex dos cabelos mais escuros do que nos cabelos mais claros (feomelanina). Ainda, nos dois casos, com o passar dos anos, a produção de melanina se altera, acontecendo então o embranquecimento do cabelo. Não só a idade, mas o estresse e algumas doenças, como as tireoidites ou a anemia perniciosa, também promovem a canície.

PORQUE O CABELO BRANCO PERDE ELASTICIDADE E BRILHO?

Bom, já entendemos que com o passar dos anos ou por influência de algumas doenças o cabelo perde melanina e, por isso, fica branco. Como a melanina é uma proteína com função protetora, perde-la significa deixar os fios mais frágeis. Por isso, para evitar toda esta fragilidade, os cabelos podem mudar a espessura!

Acontece que o nosso cérebro entende que o cabelo que está branco, está também desprotegido, logo, passamos a produzir mais queratina para prevenir o fio de agressões diárias. Essa produção de queratina pode ser até 5 vezes maior do que em fases normais dos cabelos. E, justamente, a queratina é responsável por deixar o fio mais espesso, sem elasticidade e opaco! Além disso, a oleosidade do couro cabeludo também diminui em fases mais avançadas da vida, colaborando ainda mais para a perda de brilho dos fios e desidratação.

De toda forma, algumas dicas são essenciais para manter os fios brancos de maneira saudável: muita nutrição, muita hidratação e distância de tratamentos à base de queratina. Afinal, você não quer que seu cabelo fique ainda mais espesso e opaco, certo?

Sobre o Autor

Nenhum Comentário

Você pode postar o primeiro comentário de resposta.

Deixe um comentário

Digite seu nome. Por favor insira um endereço de e-mail válido. Por favor, digite uma mensagem.